Procurando Osteopatia? Atendemos na ErgoSports

Osteopatia – realizada por Dra. Heloisa Planinc – CREFITO 116840/F – Ligue e marque uma sessão: 47 –  3432-5250

Não fique sofrendo com dores ortopédicas! Você vai adorar!
osteo

A Osteopatia foi criada pelo médico americano Andrew Taylor Still por alturas da guerra civil americana nos finais do séc. XIX. Foi através da observação e investigação que fez uma correlação entre as patologias e a sua manifestações físicas.

Osteopatia é um sistema autônomo de cuidados de saúde primário, que se baseia no diagnóstico diferencial, bem como no tratamento de várias patologias, e prevenção da saúde, sem o recurso a fármacos ou cirurgia. A Osteopatia enfatiza a sua ação centrada no paciente, ao invés do sistema convencional centrado na doença, utiliza-se métodos de diagnósticos tradicionais e alguns métodos específicos para avaliação estrutural precisa, dando ênfase à mecânica do corpo, e utiliza técnicas manipulativas para corrigir estruturas e funções restritas.
A OSTEOPATIA é uma abordagem diagnóstica e terapêutica manual das disfunções de mobilidade articular que participam do nascimento dos sintomas.
O objetivo da osteopatia é de tratar a causa da dor através de um trabalho GLOBAL das cadeias lesionais ascendentes e descendentes e não de tratar somente os sintomas dolorosos.

 INDICAÇÕES

 

 

Além do tratamento por queixa de dor músculo-esquelética provindas de disfunções mecânicas, também é indicada para as mais diversas patologias clínicas, tais como: Torcicolos; Cervicalgias; Cervicobraquialgias; Dorsalgias; Lombalgias; Ciatalgias; Lombociatalgias; Alterações posturais; Tendinites; LER/DORT; Disfunções da ATM (Articulação Temporo-mandibular), Refluxo, Azia, entre outras.

OBJETIVO DAS DIVERSAS TÉCNICAS

  1. Técnicas Funcionais
  2. Técnicas dos tecidos moles
  3. Técnicas de energia muscular
  4. Técnicas com Thrust ( técnica de alta velocidade e baixa amplitude)

COMO É UMA SESSÃO DE OSTEOPATIA?

Uma sessão de osteopatia consiste, primeiramente, em coletar informações, através de entrevista clínica, dos sinais e sintomas do paciente para que possamos traçar e conduzir o tratamento. O próximo passo é a avaliação física, uma avaliação funcional que consiste em identificar as limitações, em que movimentos a dor se apresenta e em qual parte do movimento que a dor é mais intensificada. Para isso, realizam-se testes especiais, clínicos, para excluir possíveis lesões estruturais. Por fim, executam-se técnicas osteopáticas a fim de corrigir toda a mecânica lesional instalada.
Uma sessão de osteopatia dura em média de 1 hora, com intervalo médio de 7 dias entre as sessões, e em casos mais agudos o paciente retorna em 3 dias.
A experiência na prática clínica demonstra que se tem respostas satisfatórias em torno de 3 a 5 atendimentos, mas isso não é regra, pois vai depender do tempo das dores do paciente e cada paciente reage de uma maneira diferente.